terça-feira, 7 de junho de 2016

Recordações da Itália - 2016-06-01 e 2 - Veneza

Vista da Praça de São Marco, vista da sacada da Catedral com o mesmo nome. Aqui foi sede do episcopado de São Pio X

Vista da Praça de São Marco
Altar onde está as relíquias de São Marcos
Antes, desculpem-me o atraso, para aqueles que estão acompanhando a viagem do Padre. Os últimos dias foram um pouco corridos, deslocamos em distâncias maiores e principalmente a internet dos lugares que ficamos não eram das melhores. Ficou mais difícil atualizar o blog.

Ficamos em Veneza duas noites. Lugar maravilhoso. Sim, Veneza existe. E pra quem achava, como eu que era apenas um lugarzinho para casais apaixonados, se enganou. Veneza esbanja beleza, claro, mas também catolicidade. Lá foi diocese do Cardeal Sarto. Não é necessário dizer muita coisa mais. Restos mortais de grandes santos, Igrejas belíssimas. Um lugar que mostra a todos que o ocidente viveu em torno do catolicismo.

Mas não vou me delongar muito. Eis uma pequena amostra da santidade desse lugar.

Um canal de Veneza
Os restos mortais de Santo Atanasio, acima, e São Zacarias, pai de São João Batista abaixo
Salão do Palacio Ducale
Vista da Ponte do Suspiro, onde passavam os condenados a prisão, do Palácio, para o presídio ao lado
Cruz peitoral usada por São Pio X




O corpo incorrupto de Santa Luzia
Pausa pra relatar a visita ao corpo de Santa Luzia, na Igreja de São Jeremias. O Padre encostou o terço dele na sepulcro da Santa. Santa Luzia há de nos dar este cuidado.

Uma corrida de barcos pra terminar

Veneza merecia uns 30 posts. Depois o padre conta o resto.

Lecce, 07/06/2016.

Nenhum comentário:

Postar um comentário